1 caso a cada 4 dias: assédio sexual no trabalho aumenta e supera índices pré-pandemia

Elas não querem só igualdade, querem é viver sem medo.
março 8, 2022
Adolescentes escravizados eram sexualmente abusados pelo treinador em clube baiano
junho 24, 2022

Registros do TRT e do MPT mostram aumento de 4% em 2021 em relação a 2019.

Os processos de assédio sexual no ambiente de trabalho voltaram a crescer após o retorno às atividades presenciais e já superam os índices de 2019, antes da pandemia de Covid-19. De acordo com o Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15), 100 casos resultaram em ações judiciais em 2021, uma média de um caso a cada quatro dias, na região de Campinas(SP).

É o equivalente a oito casos por mês no universo de oito cidades, que fazem parte da cobertura de Campinas e tiveram registros de novos processos sobre assédio sexual. São elas: Campinas, Americana, Amparo, Hortolândia, Indaiatuba, Mogi Mirim, Paulínia e Sumaré.

De acordo com o órgão, os registros caíram 9% durante a pandemia em 2020. No ano passado, cresceram 13%, ultrapassando os dados de 2019 em 4% – que incluíam ocorrências também na cidade de Mogi Guaçu.

Veja detalhes do levantamento abaixo:

Processos novos por ano

  • 2019: 96 casos
  • 2020: 87 casos
  • 2021: 100 casos

Os registros do Tribunal mostram ocorrências com mulheres – segundo o TRT, é raro ter processos de assédio sexual abertos por homens – vítimas de casos que aconteceram nos últimos cinco anos e culminaram em ações judiciais registradas nos anos acima. A maior parte dos casos foi relatada nas varas de Campinas.

Processos por cidade em 2021

  • Americana: 8
  • Amparo: 2
  • Campinas: 57
  • Hortolândia: 2
  • Indaiatuba: 10
  • Mogi Mirim: 6
  • Paulínia: 9
  • Sumaré: 6

MPT também registrou alta nas denúncias

Em relação a denúncias sobre o mesmo tema, o Ministério Público do Trabalho (MPT-15), sediado na metrópole, também constatou o aumento. São queixas das regiões de Campinas, Piracicaba e Jundiaí.

De 2019 para 2020, houve queda de 34%; em seguida, em 2021, os casos aumentaram 57% e agora superam em 4% os números pré-pandemia. Dependendo do andamento das apurações, elas podem resultar em novas ações judiciais. As denúncias podem ser feitas anonimamente.

O Instituto Latino-Americano de Defesa e Desenvolvimento Empresarial – ILADEM, é uma entidade sem fins lucrativos, mantida pela BRG Advogados. Há quatro anos realiza a campanha #EUDIGONÃO AO ASSÉDIO SEXUAL NO TRABALHO”, já são mais de 150 palestras e eventos ministrados de forma gratuita, tudo com o intuito de estimular a “CONSCIÊNCIA” das empresas sobre a sua responsabilidade social.

Entre em contato conosco e faça parte da campanha. Participe!

A mudança começa por VOCÊ!

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.